Frases.Tube

Amor Palavras

Se não estás, não estou. Não sou. Não vou. Carrego te em mim todos os dias, sem te procurar. Em todas as esquinas, em todas as mesas e músicas. Sem precisar de experimentar não estar do teu lado. Antes foi assim. Os defeitos nunca são maiores que nós, juntos. Experimenta estares sem nós antes de falares que sou um peso. Tu não dizes, falas. Tu sem voz. Não me procures, estou em todas as tuas mesas, esquinas e músicas. Estou contigo, a minha ausência pertence te. Experimenta falares comigo e eu não estar para te ouvir. Experimentar meter os meus defeitos numa mão e a falta que eles te fazem noutra. Se não estás, não quero estar. A angustia de não ouvir a tua voz é mais forte que o som das minhas lágrimas no chão que pisaste. A tua ausência sente se mais. O teu lugar é aqui. Aqui. Se não estás, deixo de saber onde quero estar. Experimenta fechares as mãos e não me teres para abraçar. Experimenta deitares te para dormir e não teres o meu nome do lado. "Conheces alguém que quando fala diz tudo certo ". Conheço. Tu és perfeito aos meus olhos mesmo quando não és, as tuas palavras também. Se te colocar nas mãos cabes nas duas, sem te dividir. Sem ter de balançar entre o que és de bom e o que és de mau. O teu silêncio ensurdece me. Eu sei, não preciso de experimentar. Lembra te, os defeitos nunca são maiores que nós, juntos. Não sabes o peso da minha ausência na tua vida agora que me conheceste. Eu sei a tua ausência na minha vida. É não ter vida, é ir vivendo até te encontrar de novo. Em todas as esquinas do meu pensamento.

Passear naquele jardim e olhar os bancos vazios, lembra me quando estavas lá sentado a olhar me. Enchias me o tempo, quando não existiam horas. Quando me sentei naquele banco de madeira, fechei os olhos e vi te. Dentro de mim. Não quis entrar na tua vida sentada, nem de maneira nenhuma. Queria ser a tua vida. Não fui capaz de te segurar. Não tive tempo para responder aos meus medos e hoje cada vez que vou à varanda perco me a ver imagens nossas. Do nosso primeiro beijo, do abraço ao frio, do teu sorriso à chuva, do teu cheiro no escuro. Unicamente és tu no pensamento. Mesmo quando não acredito no que está acontecer, oiço me a falar contigo na tua ausência. Agora é mais sério. Não tenho como disfarçar a falta que me fazes. No medo que tenho de te perder. Mesmo quando acho que nunca é tarde, nem será. Desejo largar tudo e viver o caminho que a vida me escolheu, que teimo deixar fugir. Os medos que tenho voltam a ser repensados, todos os dias. Tivesse eu coragem para enfrentar o desconhecido, faria de ti o homem mais feliz do Mundo. Por seres tu. Dou chapadas a mim mesma, de forma acordar. Adormeço e volto a sonhar do teu lado. A sonhar. Não quero olhar para trás e ver te ausente. Não quero. Nem posso fazer isso comigo. Pedi te para confiares, perdeste as esperanças de acreditar em mim. Por ter repetido, sem um passo a mais. Diria que perder te, é perder me. Se o meu coração disser que foste e não regressas, partirei à tua procura. Mas não, acredito que não vais. Assim permaneço. Dar tempo ao tempo para resolver tudo por mim. Como tem sido até agora. E se fores, nunca me vou perdoar por não ter assumido este sentimento. Por negar vezes sem conta. E tu mereceres mais que isso.
Quando fores, deixa explícito. Os sonhos acabam quando se acorda, de uma vez por todas.