Frases.Tube

Assento de púrpura

Ou ele vai desejar bebida forte, ou ele será estimulado com palavras de ânimo e coragem a melhorar; ou ele terá um coração confiante nela, ou ele vai ver aquela mulher perverter o que é direito dele como companheiro dela. Quem não se amargura por não encontrar oportunidades nas dificuldades que se desafia
A força para viver de uma mulher e a influência positiva dela na vida de um homem é a sua formosidade sem se apartar da razão. O problema é que Deus não é para todo mundo
Algumas pessoas abrem mão, renunciam suas vontades, se despedem do que Deus instruiu porém, há outras que gostam do destaque, querem desejar, serem desejadas (muitas vezes sem perceber que estão se sujeitando a doutrinas demoníacas disfarçadas) e, assim claro, as pessoas que cruzam os caminhos dos tais sem a direção de Deus vão parar nessa cova profunda.
O problema da mulher que usa seu poder de influência de maneira errada são as suas mercadorias: seu egoísmo, seus interesses gananciosos e alguns desejos e sentimentos a mais. Vamos analisar uma comparação bíblica:
( ) Irei atrás de meus namorados, que me dão o meu pão e a minha água, a minha lã e o meu linho, o meu óleo e as minhas bebidas. Livro de Oséias Capítulo 2. Essa mulher não reconhecia seu valor, mendigava por atenção de muitos homens e vivia pelos seus sentimentos afim de suprir suas necessidades, ali estava ela bem de olhares altivos nos lucros que só lhe seriam dados caso se exibisse.
Agora vamos ver o que há nos Provérbios 31: vemos que a mulher de virtudes 'fazia' para si aa mercadorias, chamava a atenção da maneira correta a própria amada de Salomão agiu assim, quando "cheirava os bons unguentos que não eram dela, quando trabalhava debaixo do sol guardando as vinhas, quando tinha suas necessidades atendidas e quando oferecia o seu suor ao seu amado e até aos guardas que trabalhavam para a segurança deles". Ou seja: a vinha que era dela, que ela trabalhou duro ela simplesmente separou 1000 (mil) peças de prata para seu companheiro e 200 (duzentos) para os guardas de seus frutos. Essa mulher é surpreendente por que não busca no parceiro as novidades melhores, ou os frutos para se saciar pelo contrário: trabalha duro pelo o que lhe interessa e, ainda do que alcança faz doações sem esperar nada em troca materialmente ou simplesmente um reconhecimento.