Frases.Tube

Andressa Fernandes

ME LIBERTE, PELO AMOR PRÓPRIO
Eu não mereço ficar presa com as lembranças que guardo. Me liberte da tortura de não te ter ao meu lado por mais nem um segundo. Me permita viver sem ti, sem me assombrar ao acordar e sentir o seu cheiro no travesseiro, na fronha limpa que você nem se quer encostou a cabeça. Porque não há tortura maior do que sentir o seu sabor nos meus lábios e não poder toca lo.
A bagagem que carrego sozinha dói e você não esta ciente do mal que me faz. Estou escrevendo para desabafar com o nada, ele melhor do que ninguém sabe o vazio que me tornei. Hoje estou furada, incompleta e massacrada. Pelo amor próprio que um dia eu me orgulhei de ter, por favor me liberte.
Você conseguiu o que muitos lutaram para ter e foram mal sucedidos. Me devolva a pulsação natural do meu coração, me liberte da alienação de te amar sem te ter. Estou cansada de sonhar acordada e abraçar o vento porque ele é tão doce quanto você e eu me tornei uma diabética a um passo do infarte.
Quero viver comigo mesma e me apaixonar loucamente milhares de vezes até cansar da paixão. Infelizmente você, e sua falta de graça, cortaram meu barato. Me liberte desse carcere que me encontro, liberte me e liberte a ti mesmo. Corte o fio de aço que nos une e nos balança. O arrebente.
Porque eu não te amo, eu te odeio, com todas as letras bem juntinhas. Odeio o modo como se apossou do meu corpo e lavou minha mente assim que me conheceu. Mais ainda, odeio a forma que permiti me entregar a ti e gostar da sensação intensa e cheia de adrenalina que sua droga me causou, seja lá o nome dela, não era amor. É um sentimento revolucionário, desconhecido de todos, um sentimento só nosso. Liberte esse sentimento e me esvazie da forma mais pura que há. Me deixe voar sem cortar me as asas que hoje já não te pertencem. Me deixe viver sozinha sem carregar sua mala fantasma nas costas. Me liberte, mesmo que por um tempo, em condicional. Preciso me desprender de ti, mesmo que aos poucos, mas me desprender de restos que não servem nem de comida aos meus cachorros. Por favor, retire suas queixas, me tire do xilindró por falsas acusações, eu não teria feito com você nada que você não quisesse. Não teria me prendido a ti se não me fosse permitido, então pela liberdade, não me acuse a amor perpétuo.

CHEGA UM DIA
Como tudo na vida, chega um dia. Chega um dia que a gente se apaixona, chega o dia que nós amamos e nosso corpo todo corresponde aos calafrios do amor. Um dia chega o sufoco. Chegam às brigas. Com o tempo, chega o dia que não dá mais, e o dia que cada um irá seguir seu próprio caminho sozinho.
Queremos uma vida nova, não suportaremos a rotina nem mais um dia. Chegou o dia que nós decidimos mudar o endereço do GPS da nossa vida e vamos à busca de algo novo. O que é o novo, nós não sabemos, mas vai chegar um dia que iremos saber.
As horas passam ligeiro, os dias nos passam a perna e tombamos no dia da TPM. Chega um dia que ela vai embora e nos permitimos sentir um sentimento por dia. O dia do alívio, onde voltamos a sermos quem realmente somos.
Chegam se os dias festivos, batizados, aniversários, formaturas, casamentos, nascimento dos filhos e assim por diante. Chega o dia nostálgico, a pilha de fotos de um lado do sofá e você de outro. As lembranças, promessas, as expectativas, os sonhos e junto delas a realidade. Tudo junto em uma fotografia. Chegam se as lágrimas, dias de saudade.
Os dias chegam e nunca ficam. Chega um dia novo todo dia. Os dias velhos também chegam para os amantes da nostalgia. Tudo tem seu dia, cada um com a chegada merecida, a entrada triunfante. Mas bom mesmo é quando chega o dia que aprendermos a valorizar cada dia nosso, com as suas angústias, sua correria, sua calmaria, seu tédio todo, a alegria passageira, as noticias boas, a superação de noticias más, enfim, a felicidade de mais um dia que chega.