Frases.Tube

andré freitas

DIANTE DOS MESTRES
Dentre as pessoas com as quais convivemos fora da família, com certeza aquelas a quem mais devemos são os professores. A sua tarefa sublime lhes confere enormes possibilidades e enormes responsabilidades. Por trás de cada profissão, existem um professor e sua missão.
Nas sociedades mais desenvolvidas, o título de “Professor”, antes do nome, significa ainda mais do que o de “Doutor”. Na nossa, a desvalorização persistente e crescente faz que apenas os que tem como verdadeira missão o magistério o busquem como primeira opção. Muitos recuam pelas dificuldades. Salários insuficientes, falta de condições materiais, falta de respeito e sobrecarga de trabalho são a paga que recebem por sua dedicação na maioria das vezes.
Ser professor significa ter amor, paciência, tolerância, resiliência, empatia, liderança. E nem falamos do domínio do conteúdo a ser transmitido e da didática! Merecem todo o nosso respeito e admiração, nosso apoio e agradecimento.
Os governos erradamente consideram despesa o gasto com educação, quando deveriam considera lo como investimento. É mais barato construir escolas do que presídios e, hoje, mais bem pagos os carcereiros do que os mestres, sendo que a educação é a única prevenção eficiente da criminalidade. Os países que valorizam a educação crescem mais do que os outros, consistentemente. Como exemplo, temos os Tigres Asiáticos, como a Coreia do Sul. O retorno do investimento é rápido.
“Eduquem as crianças e não será
necessário punir os homens”. A
educação nos aponta o caminho
certo que nos livra dos erros

VÁRIAS OPORTUNIDADES DE ACERTAR
“não entrarás no reino de Deus sem renascer de novo”
(Jesus)
Deus nos deu uma sublime oportunidade de evolução ao oferecer nos uma oportunidade na carne, na Terra.
Nós SOMOS o espírito e TEMOS um corpo. SOMOS do espaço e ESTAMOS na Terra. Não é por acaso. A cada vinda, temos um maravilhoso esquecimento do passado, que nos permite a oportunidade de nos reconciliarmos com antigos desafetos sem que as lembranças do passado despertem novamente as emoções desagradáveis de outrora. Assim voltamos como pais ou filhos, companheiros, colegas e amigos de pessoas com as quais já nos relacionamos anteriormente. Isto é a explicação para simpatias e antipatias “gratuitas” e instantâneas. São leves reminiscências do passado, não totalmente esquecidas nesta vida. Não obstante, temos a oportunidade de modificar estas primeiras impressões, se quisermos (e devemos querer modifica las quando negativas!).
Os laços de parentesco, amizade e convivência não são casuais. Quando merecemos, somos cercados por entes queridos, agradáveis, amigos e amores de outras vidas. Quando necessitamos, acercam se de nós pessoas em desarmonia mútua, justamente nos permitindo restaura la. Sempre há uma razão. Nada acontece por acaso.
Se alguém lhe provoca emoções desagradáveis, procure não retribuir. Procure lutar contra elas, contrapor boas energias. O resultado será muito melhor, a vida fica mais leve. Não digo que vá sentir se bem de imediato junto àquela pessoa, mas pelo menos pode não se sentir mal. Com o tempo melhora e, como diz o ditado, “quando um não quer, dois não brigam”. Acaba tornando se difícil ao outro manter o clima de discórdia sem a nossa cumplicidade. Figurativamente, se alguém lhe atira pedras e você revida, o estoque nunca termina. Procure erguer uma barreira protetora com estas mesmas pedras, já que a frustração de seus intentos de irrita lo ou agredi lo desestimula a continuidade de seus atos.
Para quem percebe a continuidade da vida após a morte torna se evidente que a única forma de se livrar de um inimigo é converte lo em amigo. Assim, reze por quem o perturba, estimule sua evolução, pois só evoluindo mudará seu comportamento.

DIANTE DO FIM DE ANO
Então é natal, e o que você fez, pergunta a música de John Lennon. Por toda a cristandade comemora se o nascimento de Jesus (ou seria o Papai Noel ).
O que representa o natal para você Festas Presentes Foguetes Ou uma lembrança anual do que deveríamos lembrar todos os dias Um marco, preparando, finalmente, o nascimento do Cristo em cada um de nós, do amor, da humildade, da caridade. Não adianta lembrarmos de Jesus e sermos “bonzinhos” uma vez ao ano, temos que mudar o dia a dia. A festa em família não substitui a falta que ele nos faz quando não convivemos. Valorizar a família todos os dias do ano é que nos faz felizes.
O ano novo constitui marco no calendário e baliza sonhos. “No ano que vem ”, “desde o ano passado ”. Mais um ano começa, mais um ano termina, mas, sob o ponto de vista do infinito, um ano representa bem pouco. Para alguns o ano custa a passar. Pergunte a um presidiário, por exemplo.
Todo dia é dia de crescer, de mudar, de construir o “Feliz Ano Novo”.
Ah! E não esqueça de convidar o aniversariante para a festa. E busque a companhia de Jesus o ano inteiro, todos os dias.
Feliz ano novo, feliz homem novo!
não é a mudança de calendário que nos
fará mais felizes, mas a mudança interior.
Convide Jesus, não só no natal, mas o ano todo!
Gostou São trechos de meus livros. Este é do livro “Diante da vida".
Outros títulos são: " Simplificando nossa vida", "Tudo vem de Deus”, “A moral cristã vista pelas parábolas de Jesus”.