Frases.Tube

Agenivalddo Almeida Silva

Quem .
Quem me dará um abraço apertado quando me sentir só.
Quem me dará um beijo em meu rosto para
Dizer me que me quer bem.
Quem pode me dar atenção, quando todo mundo passa
e nem me olha que estou sentado numa cadeira de balanço,
Esperando o tempo passar.
Quem poderá em muitos momentos da
Minha vida estender suas mãos
Quem me enxergará nas noites escuras,
Sem luz num quarto escuro,
Sem o brilho da lua em plena escuridão.
Quem pode diante dos infortúnios da vida
Preocupar se se tenho comida ou não.
Quem poderá me auxiliar de alguma forma,quando já não tiver mais idade para trabalhar, com as vistas cansadas e não poder mais enxergar, e as mãos fracas nenhum peso pode pegar.
Quem me dará, quando estiver triste num canto,
Quando sentir falta dos filhos, dos amigos, e eu no meu canto,sentindo me só,sem ninguém para um carinho me dar.
Quem poderá ouvir me contar as histórias, as experiências,
as lutas da vida, de sonhos, de momentos que ficaram esquecidos pelos anos de vida, que ficaram para traz,
e agora ninguém me escuta, porque o tempo já apagaram da mente e agora as histórias não consigo mais lembrar.
Quem poderá me auxiliar, me tomando pelas mãos, levar me a um passeio, ou outro lugar qualquer se já quase não consigo mais andar, as pernas tremem difícil para ouvir e até de caminhar.
Quem pode lembrar se de um pai ou uma mãe que fez tudo pelos filhos
e agora sozinhos, deixados e abandonados
a sorte de alguém para amar.
Quem pode lembrar se dos pais esquecidos nos asilo e lá deixados
Para morrer a míngua sem ninguém para amar.
Onde está aqueles que podem ser solidários, serem mais humanos, mais amigos, mas carinhosos,
Mais amorosos, com os velhos (as) que já teve o seu tempo,mas o tempo passa a idade avança,deixam marcas, suas experiências, suas histórias que a vida pode alguém lhe ensinar.
Quem se lembrará do ancião, já cansado da enxada que foi sua ferramenta de trabalho, que sustentou sua família,
Que deu o pão para quem necessitou, e nunca se envergonhou
Dos calos mãos de tanto trabalhar.
Quem poderá contar as histórias, as façanhas, que nas noites
Frias, se levantou ainda muito cedo para poder ir trabalhar,
e ganhar o pão de cada dia, e a tarde voltar, cansado do trabalho do dia,regressando à família, que tanto sabia amar.
Quem pode contar os dias do idoso, que esquecido pelos cantos, vivendo de uma triste vida de não mais poder trabalhar,
Restando lhe apenas poucos recursos que a miserável, pensão lhe dá.
Onde esta aquela que pode enxergar o velhinho (a) que já não pode mais sair as ruas pela manhã e a tarde não ir mais a venda comprar.
Onde esta aquela pessoa carinhosa que com alegria trazia fardos de roupas na cabeça, que levava para casa lavar, ajudando assim nas despesas da casa comprando comida, as vezes o pão,
Doces para as crianças se alegrar.
Quem poderá cobrir de frio, um ancião, que tristemente
no seu lamento, deitado em uma cama, esperando o tempo passar, pois seus dias esta no fim, sua idade é avançada,
Da vida já não pode mais nada esperar.
Quem poderá dar amor, para o ancião que no final de seus dias, esquecendo que nossas vidas é um breve momento.
Que nascemos,crescemos, ficamos adultos, mas com o passar do tempo, ficaremos velhos, as vezes doentes, sem ninguém para amar.
Quem irá se lembrar de visitar um idoso, de dar amor e carinho, e quando ele se sentir sozinho pelo menos um sorriso nos seus lábios sem dentes,do seu olhar já cansado pelo tempo poderá então brilhar.
Quem lhe irá estender as mãos e segurar suas mãos cansadas para lhe ajudar.
Quem
Onde esta você que apreendeu amar o vovô, ou a vovó, que sorriu, que chorou, que brincou e pode te amar.
Que a vida lhe deu de presente para te ensinar e amar.
A gente nasce, cresce e ficamos mais velhos e o tempo nos faz
ser mais um esquecidos nas multidões, ou nos hospitais, ou nos asilo, ou jogados num quarto qualquer,isolados da vida, porque dizem assim..ele(a) dá muito trabalho, mas esquecemos que mesmo assim o velhinho(a) já foi alguém muito especial quando ainda era jovem, quando ainda era moço e tinha forças
Para viver e podia tantas coisas fazer.
Mas agora no seu lamento cansado pela idade, deixados de lado, ou quem sabe esquecidos pelo tempo,
nem pelo nome conseguem mais chamar.
Onde está o vovô e a vovó, que juntos construíram, famílias,gerações,netos,bisnetos,
mas que o tempo não pode apagar, os grandes momentos de carinhos de amor, que eles nos deram, quando ainda não sabíamos muitas coisas na vida,mas eles com paciência souberam nos ensinar.
Mas a vida tem o seu tempo que passa, onde está o vovô, ou a vovó, as lembranças ficaram no coração, e na parede da sala uma fotografia que guardamos para pode lembrar.
O tempo pode passar, mas a idade pode até avançar,
Mas uma coisa é certa.
Todos nasceram, crescemos e nos tornamos adultos e com o passar dos anos, velhos também vamos ficar.
O que plantamos quando ainda somos jovens, e quando ficarmos velhinhos é a semente que plantamos que vamos colher é o que o tempo de vida nos ensina a semear, colher e de novo plantar.

Amar é
1) Amar é ter carinho incondicional, é dar carinho, sem pedir nada em troca.
2) Amar é ser gentil, quando for necessário, e ser educado quando for preciso,mostrar o amor através dos atos,gestos e atitudes.
3) Amar é ser grato, quando lhe prestarem um favor, em resposta a isso, sempre ser pronto a retribuir, mesmo que não lhe peça para fazê lo.
4) Amar é ser simpático, é ser alegre e feliz e contagia outros com a alegria.
5) Amar é estar disposto a perder para o bem do próximo. Amar é renunciar a si mesmo para o bem de seu semelhante.
6) Amar é ter paciência diante das adversidades, porque o amor tudo sofre, tudo suporta,tudo espera.
7) Amar é ser solidário, com o menos favorecido,dar com uma mão,mas não espalhar com a outra, amar é doar se sem pedir nada em troca.
8) Amar é ser contagiante, espalhando amor,alegria e felicidade,saber perdoar,saber que o amor é o sentimento mais nobre do coração humano.
9) Amar é insistir, perseverante diante das dificuldades,quando muitos dizem não dá, o amor persevera e faz vencedor.
10) Amar é alegrar se com a justiça e não tem parte na injustiça. O amor é a praticidade, da lealdade, da fidelidade e da verdade.
11) Amar é ser verdadeiro mesmo que sofre calúnias,críticas,injustiças,mas o amor é justo e não tem duas medidas, e não tem parte coma a falsidade.
12) Amar é companheirismo, e sempre estender as mãos, e não ser egoista que recusa compartilhar, ao contrário disso, o amor compartilha.
13) Amar é ter a capacidade de aceitar qualquer que seja a raça,qualquer que seja a cor da pele,qualquer que seja a condição social, não se importando com as razões financeiras,mas o amor é a capacidade de todos aceitar.
14) Amar é ser humilde,quando errar e reconhecendo o erro, e mudar a direção que for necessário tomar,porque o amor é humildade,não se ensorbebece,mas aceita a boa críticas construtiva para melhorar.
15) Amar é ser luz,onde não há, ser o sal da terra, que dá o tempero e sabor na vida de quem precisa e não tem amor.
16) Amar é ser sensível às necessidades de outros, promovendo amor,carinho, doando se para o bem estar de quem precisar.
17) Amar é contribuir com a felicidade de grande e pequenos, de ricos e pobres,,brancos ou negros, auxiliando, encorajando e sendo o vínculo do amor.
18) Amar é ser prudente diante de questões duvidosas, porque o amor não participa de coisas estranhas,antes porém é a verdade que fala a verdade.
19) Amar é a capacidade de conduzir gregos e troianos ao caminho da felidade, ensinando a verdade, que conduz a vida eterna.
20) Amar é a praticidade do bem querer, confiando a outros o melhor que possamos ser.
21) Amar é ficar em silêncio,quando existem calúnias,críticas e fofocas,não reivindicar direitos, porque o amor e perdoar continuar a viver.
22) Amar é saber dar amor,quando todos pensam o contrário, sabendo que o amanhã será melhor que hoje.
23) Amar é saber suportar calado as adversidades, mesmo que as circunstâncias não lhe sejam favoráveis.
24) Amar é ser tudo,mesmo que as aparências te digam que você não é nada, confiando em Deus para conquistar seu espaço, ou dar espaço.
25) Amar é suportar, é acreditar e ter paciência, saber esperar é ser o vinculo que liga outros, ao amor de Deus.