Frases.Tube

Agustin Olim

Hoje quero falar de confiança, que aliás está muito em falta nos dias de hoje!! Qual o motivo
Vivemos na atualidade nas margens das incertezas e das dúvidas que abalam a estrutura da confiança. Já percebeu que a maioria de nós só duvidamos de ou por algo positivo, e nunca do negativo. Quando eliminamos o negativo o positivo por si só se mostra. Quando a dúvida é afastada a confiança é restaurada.
As experiências nas relações com as pessoas demonstram bem isso, quer um exemplo, nós duvidamos da honestidade de alguém, mas nunca da desonestidade, você duvida da bondades de outras pessoas, mas você nunca dúvida dos defeitos delas. Se alguém diz que te ama, você pensa, será mas se eu te digo que te odeio, você acredita. Duvidamos de verdades o tempo todo e falamos até por hábito.
O porquê questionamos o positivo e confiamos no negativo. Eu não digo isso para paramos de questionar ou ter dúvidas diante das coisas e das pessoas, porque acredito eu ser uma postura saudável para o entendimento das coisas e sim ter uma compreensão melhor das coisas, uma reflexão mais cuidadosa a respeito do assunto.
Penso que para ganhar confiança, nós devemos entender o que é a dúvida. Onde ela começa De onde vem Como supera las
Acredito que seja por medo e por muitos motivos, o de sofrer, de não conseguirmos o que (achamos) precisamos, ou ter de medo que a nossa segurança seja abalada provocando mudanças, e ter uma vida diferente do que estamos acostumados, o apego das coisas também contribui de forma negativa, resultando em dúvidas exageradas em vez de confiança.
Acredito que a primeira atitude é ter confiança em Deus e de sua obra, depois de nós mesmo. Sem confiança, a realização não vem e nada se concretiza. A dúvida é o que opõe a confiança. Jesus falou que tudo é possível ao que crê (Marcos 9:23). Ele nos trouxe a mensagem de boa nova e o que Deus espera de cada um e não pensamos e falamos que duvidamos de Jesus, mas também não fazemos o que Ele recomenda para que restauremos a confiança e o bem estar.
Nesses dias que antecede o Natal que todos sigam os Seus ensinamentos, única forma segura e certa para termos confiança em Deus, no próximo e no amanhã, cabe a cada um fazer a sua parte, nos renovando continuamente em pensamentos e atitudes e com certeza todo equilíbrio e harmonia será restaurada.

O bem estar nada mais é que uma energia positiva. Energia essa, que irradia por meio de sentimentos, pensamentos e comportamentos, mas para emanar essa energia, é necessário manter se saudável, físico e mental.
Dependendo do que nos acontece no nosso dia a dia, podemos até ficar triste, infeliz ou angustiado em buscas de respostas do porquê das situações que surgem como novidades, visto pela nossa ótica limitada como problemas em nosso caminho.
Neste Mundo atual tão atribulado são cada vez mais raros os momentos que temos oportunidades para conversarmos conosco, desabafarmos com o nosso Eu, desabafar com Deus em busca de soluções.
As vezes são esses os momentos que encontramos as respostas ou os fatores que desencadearam as situações que se apresentam e que desconhecemos a origem da causa, talvez em momentos pregressos.
Por vezes temos a sensação que não nos conhecemos de tão ausentes que nos encontramos de nós mesmos, o Mundo consegue nos contagiar, vivendo uma situação adversa com a nossa conduta. Negamos constantemente os nossos sentimentos mais intensos, os nossos pensamentos e os nossos ideais.
Dependendo do ambiente, as vezes sentimos uma vergonha de assumirmos quem somos perante uma sociedade perturbável e complexas, sendo mais fácil preferir sentir mágoa, revolta, tristeza do que buscar ser feliz, através de suas convicções.
Acredito ser impossível ser feliz o tempo todo. É totalmente normal ter variações de humor e sentimentos do dia a dia. Mas podemos fazer o possível para sentir se mais feliz em busca do bem estar.
Vi uma propaganda de rede de supermercados com a seguinte pergunta:
O que te faz feliz
Acredito que devemos nos questionar mais sobre essa pergunta. Talvez ser grato com cada gesto de boa vontade que receber, perdoar com mais facilidade, ser menos rancoroso, assumir nossos erros, fazer elogios, procurar fazer os outros se sentirem bem, sorrir bastante, dar gargalhadas de si mesmo.
E se você conseguir fazer tudo isso, e estiver muito, muito, muito feliz e isso “incomodar” alguém por perto, paciência. E se for para desagradar alguém, que seja com um sorriso

Admiro pessoas que não precisam mentir ou enganar pra conquistar alguém ou alguma coisa. Mas existe hoje esse alguém
Nos diálogos dos relacionamentos e nos diversos segmentos da vida sempre escuto as seguintes frases" Posso ser sincero(a)", Sou sempre sincero(a) ou "Quero que seja sincero(a) comigo"!!! Será que somos sinceros o suficiente para exigir do outro o mesmo nível de sinceridade
Nunca escutei alguém começar uma conversa com a seguinte frase “Posso mentir para você ”
Quem nunca mentiu numa entrevista de emprego Para impressionar os amigos Conquistar uma pessoa Se safar de algum compromisso chato Para não ser desmascarado diante dos outros Ou por que a conversa seria difícil Ou medo da perda em qualquer sentido amplo da vida tanto nos sentimentos, nas emoções ou até no apego material Tudo para não “causar ou ter problemas”, questão de segurança diriam alguns.
Percebi que até as crianças choram atoa como se tivesse dor, fome ou medo para ganhar carinho, atenção ou ter aquilo que querem.
As pessoas que passam a vida toda procurando se conhecer, as vezes investigando o próprio passado, tentando descobrir quais são os seus medos, seus complexos, suas preferências, percebendo de como e em que intensidade é afetado pelas pessoas e pelo mundo em seu entorno e como reagimos diante das circunstâncias.
Porque viver é uma luta constante do que você é, contra o que os outros desejam ou esperam que você seja. Então como você pode julgar conhecer o outro a ponto de se ofender quando o mesmo não atinge as suas expectativas, se você mesmo ainda não se conhece Você já se perguntou se suas expectativas são coerentes com a realidade
Acredito, pelo grau de visão que possuímos as pessoas estão muito distante de nossas expectativas, mas preferimos ignorá las, qual motivo será que para ter alguém a quem culparmos pelas nossas decepções
Será mais fácil falar que o outro foi cruel, injusto, desonesto, para nos colocarmos em lugar de vítimas. Será Pode ser que tenha sido isso mesmo, mas será que não recebemos sinais de que isso poderia acontecer e os desprezamos
Posso estar enganado, mas acredito que na maioria das vezes que a gente se decepciona é porque esperamos demais, criamos expectativas acima do que o outro nem tinha condição para lhe oferecer.
Não sei como finalizar este pensamento, mas acredito que o início é aceitar que as pessoas são diferentes daquilo que imaginamos ou como elas se apresentam e, que podem a qualquer momento te surpreender (positivamente ou negativamente), sem dúvida alguma, e terás que administrar com bom senso e equilíbrio.
E quanto a você estás pronta Terás total controle se vai ou não se decepcionar com as pessoas
Está tudo em suas mãos. Liberte se!